folk-festival-1434523

Conhecendo a cerveja: Família Lager!

Você sabe qual é o tipo da cerveja que você está tomando? Não, não estamos falando de teor alcoólico, amargor, se é “clara ou escura”, ou coisas do gênero. O tipo da cerveja, ou família, é definido pela forma de sua fermentação no processo de preparação, podendo variar entre: Ale, Lager e espontânea (Lambic).

É um pouco complicado, né? Por isso, periodicamente, falaremos sobre cada um destes tipos de cervejas, sanando as possíveis dúvidas que os usuários do nosso aplicativo possam ter. Com as nossas orientações, ninguém vai virar um especialista, obviamente, mas poderão dar seus primeiros passos neste grande universo cervejeiro.

As cervejas da família Lager são as de baixa fermentação. Produzidas em temperaturas mais baixas, cerca de 8ºC, a levedura fica no fundo dos tanques de fermentação, por isso “baixa fermentação”. Com esta pegada temos a Skol, HB e Jever.

Dentro da família Lager estão vários estilos diferentes. Tais como:

  1. American Lager – Ideal para dias de calor, e para quem está começando, foram fortemente difundidas nos Estados Unidos após o fim da Lei Seca, cerca de 1938. É uma cerveja leve, com aromas muito sutis e baixíssimo amargor, bem refrescante, servindo, inclusive, para matar a sede. É parte da escola americana, temos  a Budweiser, no caso dos Estados Unidos, ou Brahma, Itaipava, Antártica, entre muitas outras, aqui no Brasil. Outros estilos Lager são American Lite Lager, Premium Lager, Munich Helles e Dortmunder Export, Bohemian Pilsener., estas ultimas 3 da escola alemã
  2. Bohemian Pilsner – É mais dourada, brilhante com aroma de lúpulo e malte presente, equilibradas. Recebeu o nome “Pilsen” devido a sua origem, na República Checa, sendo homônima da sua cidade natal.
  3. Munich Dunkel – Dunkel significa escura em alemão, portanto essas cervejas são escuras-avermelhadas, produzidas originalmente em Munique. Bastante maltada e espumante, com leve sabor torrado, lembra pão torrado. Aroma com toques levemente adocicado de toffe.
  4. Schwarzbier – Significa cerveja preta em alemão. Mas não confunda com a Malzbier. É uma cerveja suave, com aromas que remetem ao café e ao chocolate. Com presença de maltes tostados. Não pode ter sabor frutado, sendo mais seca. Também não é doce.
  5. Malzbier – Cerveja escura e doce, de graduação alcoólica baixa, na faixa dos 3 a 4,5%. Muito famosa no Brasil, não possui muitos correspondentes fora daqui. Na Alemanha, seu país de origem, nem é tratada mais de cerveja e sim bebida energética. Inclusive é pouco classificada em outras fontes, caindo normalmente no grupo de “outras cervejas com baixo teor alcoólico”, já que a Malzbier original não chegava nem a 1% de álcool, pois quase não tem fermentação. São adicionados caramelo e xarope de açúcar, aí a coloração escura (que não vem do malte tostado) e o sabor adocicado.
  6. Vienna – Originário da Áustria, de cor dourado ambar, a presença do malte contrabalanceia o amargor do lúpulo. Tem corpo médio e um sabor suave e adocicado de malte levemente queimado.

Quer conhecer algumas cervejas do tipo Lager e dos estilos dentro desta “família”? Baixe agora mesmo o nosso aplicativo Beer Plus e, dentro da opção “filtrar”, escolha a que mais lhe interessar para ter uma grande viagem pelo universo cervejeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *